Rússia testa Inteligência Artificial aplicada à sua defesa antiaérea

- Publicidade -

A Rússia anunciou que realizou o primeiro teste em grande escala dointegração de recursos de inteligência artificial em benefício do controle de sua defesa antiaérea. Segundo declarações russas, a inteligência artificial seria utilizada para analisar rapidamente os padrões táticos provenientes dos diferentes sensores de um sistema como o S-300, o S-400 ou o Pantsir, para oferecer as melhores opções de intervenção ao pessoal encarregado de a área.

Esta abordagem permitiria optimizar os meios de resposta a diferentes tipos de adversários, desde drones a mísseis balísticos, incluindo um ataque massivo com mísseis de cruzeiro. Note-se que esta abordagem integra tecnologias de envolvimento cooperativo e de inteligência artificial, duas áreas consideradas de ponta, e das quais apenas os Estados Unidos tinham, até agora, demonstrado capacidades operacionais. 

Mais uma vez, isto mostra que, apesar da comunicação limitada, a investigação russa em tecnologia de defesa está longe de ficar atrás do Ocidente. É hora de parar de acreditar que a tecnologia ocidental é um escudo intransponível. A França e o Reino Unido também pensavam que estavam muito à frente tecnologicamente em 1939...

- Publicidade -

Para mais

REDES SOCIAIS

Últimos artigos