Ucrânia em ajuda da OTAN

- Publicidade -

A empresa ucraniana Antonov Airlines anunciou que seria capaz de fornecer recursos adicionais suficientes da aeronave de fuselagem larga An124 para preencher a retirada da empresa russa Volga-Dnieper da SALIS, o serviço de transporte estratégico da OTAN.

A empresa russa anunciou de facto que deixará de prestar serviços à NATO e aos exércitos ocidentais, a partir do final de 2018. No entanto, estas aeronaves forneceram uma parte significativa das necessidades logísticas de transporte da NATO, mas também das forças francesas, empenhadas em o Levante e o Mali.

Mais uma vez, a Ucrânia e a sua indústria aeronáutica mostram que representam um parceiro importante para o Ocidente, que, no entanto, tem uma atitude bastante desdenhosa em relação a ela. Assim, há poucos dias, foi a Turquia, certamente ainda membro da NATO, mas há quanto tempo, que anunciou uma parceria estratégica com a Antonov para a concepção e fabrico do An188, um transporte estratégico de 200 t, a meio caminho entre o A400M e o C17, alguns exemplos dos quais certamente teriam o seu lugar nos inventários das forças aéreas europeias...

- Publicidade -

Para mais

REDES SOCIAIS

Últimos artigos