Israel teria enviado um pedido de autorização para 2 KC-46 Pegasus

- Publicidade -

O governo israelense teria enviado às autoridades americanas um pedido de autorização de exportação para a encomenda de 2 aviões-tanque Boeing KC-46 Pegasus, com opção para outras 6 aeronaves. Se confirmado, isto seria uma decepção para a Airbus, que ofereceu o seu A330 MRTT ao Estado Hebreu.

A Força Aérea Israelense ainda utiliza uma frota de 9 Boeing 707 para missões de reabastecimento aéreo, aeronaves com mais de 40 anos, apoiadas por 4 KC-130 Hercules. A decisão de substituir os 707 foi tomada em 2018, enquanto o Kheil HaAvir está em plena fase de modernização, para enfrentar os desafios das próximas décadas em termos de poder aéreo.

O programa KC-46A Pegasus da Boeing, selecionado pela Força Aérea dos EUA para substituir seus KC135 após ação judicial do fabricante Boeing que anulou os resultados da competição que viu vencer o Airbus A330 MRRT, encontrou, e ainda encontra, inúmeros prazos e orçamentos ultrapassagens. O fabricante teve de incluir provisões de mais de 1,3 mil milhões de dólares para financiar estouros orçamentais, e as entregas já estão com mais de 2 anos de atraso, apesar de a Força Aérea dos EUA ter, mais uma vez, suspendido, na sequência da descoberta de detritos nos primeiros 6 dispositivos entregues. entre janeiro e abril. Isto não impediu o Japão, e portanto visivelmente Israel, de se manifestar a favor do avião americano.

- Publicidade -

Para mais

REDES SOCIAIS

Últimos artigos