Fragata alemã Hamburgo embarca em navio turco rumo à Líbia

Desde a intervenção turca na Líbia e especialmente o envio da flotilha centrada no navio de exploração mineira Orus Reis no Mediterrâneo Oriental, Berlim tinha assumido o papel de um posição de apaziguamento e conciliação com Ancara, uma posição por vezes mal aceite na Grécia como em França. Mas parece que, a partir de agora, as autoridades alemãs optaram por mostrar mais firmeza em relação à Turquia. Com efeito a fragata alemã Hamburgo participando na operação europeia Irini destinada a impedir a transferência de armas e combatentes para a Líbia interceptou o navio porta-contêineres de 16.000 toneladas Roselina-A com bandeira turca 200 km da costa da Líbia, para realizar uma inspeção.

As autoridades turcas, tal como a imprensa do país, reagiram imediatamente proibindo a inspecção do navio, uma posição legal no direito do mar, a menos que adquirisse direitos extraterritoriais como os Estados Unidos. A equipa de inspecção alemã teve então que abandonar o navio, especificando que as buscas, no tempo previsto, não conseguiram revelar qualquer carga ilícita. Desde então, os dois países têm competido em comunicados de imprensa para destacar as respetivas posições e a legalidade das medidas tomadas.

Força Naval da União Europeia Mediterrâneo EUNAVFOR Med 'Irini Defesa Notícias | Alemanha | Comunicação institucional de defesa
A operação Irini liderada pela União Europeia visa interceptar transferências de armas e combatentes para a Líbia em cumprimento do embargo decretado pelas Nações Unidas.

Restam 75% deste artigo para ler. Inscreva-se para acessá-lo!

Os Assinaturas clássicas fornecer acesso a
artigos em sua versão completae sem publicidade.

Meta-Defesa comemora seu 5º aniversário!

LOGO meta defesa 114 Notícias de Defesa | Alemanha | Comunicação institucional de defesa

- 20% na sua assinatura Classic ou Premium, com o código Metanniv24Até Somente 21 de maio !

Oferta válida de 10 a 21 de maio para a assinatura online de uma nova assinatura Classic ou Premium, anual ou semanal no site Meta-Defense.


Para mais

REDES SOCIAIS

Últimos artigos