A Itália está doando os meios, mas está lutando para encontrar os militares para suas novas ambições de defesa

O aumento das dotações destinadas à defesa tinha sido um dos compromissos de campanha de Giorgia Meloni, com a ambição declarada de levar o esforço de defesa italiano a 2% até ao final da década, contra 1,51% em 2023. E de facto, falando ao No Senado no início desta semana, a agora primeira-ministra do país confirmou que pretende aplicar com rigor os seus compromissos de campanha nesta área, e isto de forma perfeitamente aberta e assumida. Referia-se aqui ao aumento do orçamento dos exércitos concedido pela anterior coligação que foi feito da forma mais discreta possível, de forma a...

Leia o artigo

Depois da Rússia, a Coreia do Norte surfa na fantasia do torpedo nuclear capaz de provocar um tsunami

Em 1º de março de 2018, durante um discurso televisionado como parte da campanha eleitoral presidencial, o presidente Vladimir Putin anunciou publicamente a chegada iminente, dentro das forças armadas russas, de 6 novas armas que levarão o mundo, e os ocidentais em particular, a “ ouça a Rússia novamente”, em suas palavras. Além das armas hipersônicas Kinzhal e Avangard, bem como do novo ICBM Sarmat, todos já conhecidos, o presidente russo apresentou um míssil de cruzeiro "de propulsão nuclear", o 9M730 Burevestnik, um sistema antiaéreo e de defesa espacial a laser designado Peresvet, como bem como uma arma que, desde a sua apresentação, desperta muitos…

Leia o artigo
Meta-Defesa

GRÁTIS
VISTA